Talent Work Visa (Visto de Trabalho) – Accredited Employer & LTSSL

Talent work visa - nzvisto

Você busca trabalhar na Nova Zelândia? Um ótimo primeiro passo é compreender as diferentes categorias de visto de trabalho, quanto mais familiarizado você estiver com os termos e como funcionam os processos, mais seguro você vai ficar na hora de buscar a forma mais adequada de iniciar os primeiros passos no caminho dos seus sonhos. Então venha comigo:

Aproveite e clique aqui para se inscrever no nosso canal no YouTube para ficar por dentro de qualquer novidade sobre o tema. Temos muitos assuntos a tratar 🙂

Existem várias categorias de Work Visa (Visto de trabalho) no momento, mas duas delas são especiais, são elas:

  • Talent Work Visa (Accredited Employer)
  • Long Term Skill Shortage List (LTSSL)

O que são essas categorias?

Antes, vamos entender o que uma acreditação?

Acreditação (Accreditation) é o reconhecimento formal de que uma instituição atende a requisitos previamente definidos e demonstra ser competente para realizar suas atividades com segurança.

Mas não se assuste, são os empregadores (ou seja, a empresa que contrata trabalhadores, que passa pelo processo de acreditação, não o empregado contratado).

Normalmente, se uma pessoa tem uma oferta de trabalho comum, onde a empresa empregadora não tem nenhuma acreditação junto ao governo, a pessoa vai pedir um tipo de visto normal, mais conhecido como Essential Skills Work Visa.

Já se o empregador (empresa contratante) for um Accredited Employer, ou seja, a empresa já passou por um processo de acreditação junto à imigração da Nova Zelândia, o que tornou essa empresa elegível a ter esse título, aí facilita na hora de alguém conseguir uma oferta de trabalho deles.

Além disso, se você faz um trabalho qualificado, considerado skilled, e você receber uma oferta de trabalho de um Accredited Employer, e se receber no mínimo NZ$55,000 dólares por ano, com uma carga horária de 40 horas semanais, você se qualifica para solicitar um Talent Work Visa (Após dia 07/10/19 o salário exigido para essa categoria subiu de NZ$55,000 para pelo menos NZ$79,560 por ano para vagas de um Accredited Employer).

O Work Visa pode ter alguns nomes tá? Alguns deles: Talent Work Visa(Accredited Employer) ou Work to Residence, ou seja, quando o solicitante que consegue esse visto (que tem validade de 2 anos e meio), e após ter trabalhado para o Accredited Employer, seja o primeiro, ou se mudou, desde que o próximo também seja Accredited Employer, por 2 anos, se qualifica para solicitar a residência direto, e é uma residência especial. Esse tipo de residência se chama Talent Residence Visa  ou Residence from Work.

Porque ela é especial? Nessa categoria de residência, não é exigido que o solicitante principal, que está solicitando a residência, apresente nenhum teste de proficiência da língua inglesa, nem que, a pessoa pense em pontos:

“Ah… eu estou morando fora de Auckland, vou ganhar 30 pontos extras, hmm… eu já tenho 51 anos, eu vou ter só 5 pontos por idade, não tem essa preocupação, tá?”

A idade máxima para solicitar a residência pelo Skilled Migrant Catgeroy (que é o esquema através de pontos) tem o limite de idade até 55 anos completos, e após essa idade não se pode mais solicitar pelo SMC. Dessa forma, o portador dessa categoria de visto, que realiza uma residência dessa forma, facilita bastante. Isso acontece pelo privilégio de trabalhar para um Accredited Employer.

Atenção! Algumas pessoas me perguntam assim: “Peterson, eu já trabalhei dois anos e meu empregador agora virou “Accredited”, eu posso pedir essa residência?” Não. Só pode solicitar a residência através do Talent Residence Visa (Accredited Employer) a pessoa que obteve o visto emitido já naquela categoria, tá bom? Deixo aqui o link sobre quem são os Accredited Employers – os empregadores acreditados do momento, porque que sempre é atualizado.

Veja o video para entender melhor sobre essa categoria de visto – Talent Work Visa (Accredited Employer) ou Work to Residence.

A outra categoria especial, que é bem parecida, é a Long Term Skill Shortage List Work Visa, que é o visto de trabalho relacionado à profissões específicas que estão listadas na Long Term List. “Mas Peterson, o que que é isso?” São profissões que há muito tempo estão em falta na Nova Zelândia, e os empregadores neozelandeses têm dificuldade de conseguir dentro do país, então, por isso, eles têm que buscar profissionais fora do país, e essa profissão é listada lá na Long Term. Essa lista é revisada de tempos em tempos, mas raramente uma profissão entra ou sai da Long Term, mas acontecem situações do tipo: Faltava enfermeiro, mas não está mais faltando como estava antes, então ele sai da Long Term, mas a grande maioria das profissões que estão lá, sempre estiveram e acredito que estarão lá por muito tempo. Além de que ser profissional da área listada, para se qualificar para esta categoria de visto, o solicitante precisa atender aos requisitos, e na lista estão listados quais os pré-requisitos, por exemplo: o engenheiro precisa ter um bacharel e às vezes uma pós graduação, já reconhecido pelo país, através do NZQA, quem conhece essa parte de diploma, e talvez se o solicitante já quiser fazer diretamente o curso com o Engineering New Zealand, que é como se fosse o CREA, na Nova Zelândia.

O tempo de validade e o privilégio são parecidos com o Accredited Employer, mesmo que o empregador não seja Accredited Employer, por exemplo: um programador (área de TI) recebeu uma oferta de emprego de uma empresa de Software Engineer, um engenheiro de software, e na lista, os pré-requisitos dizem que o profssional deve ter um bacharel e uma pós graduação, nível 8 reconhecida ou acima, e pelo menos 3 anos de experiência pós-qualificação. Se o programador tiver isso, ele pode solicitar já direto o work visa, através dessa categoria – LTSSL, e o maior benefício é que depois de 2 anos, pode solicitar a residência direto, pelo mesmo esquema do Accredited Employer, que é o Residence from Work. No momento que estou escrevendo este artigo, ainda está bem baixo o valor mínimo exigido, desde que a pessoa ganhe NZ$45,000 dólares por ano pelo menos, pode ser mais, ela pode solicitar esse visto, contanto que seja na profissão da Long Term (LTSSL) e ela tenha os pré-requisitos.

Vou deixar aqui o link para que vocês entendam quem está na LTSSL , e para verificar os pré-requisitos tem uma outra listinha, que é um skill shortage list checker, abre tudo lá e verifica se você tem.

Compartilhe este post com seus amigos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja mais postagens que você pode gostar

Se inscreva na nossa newsletter

Não perca nenhuma novidade. Receba tudo no seu email.
Fique tranquilo, não mandamos spams.