Alguns alunos internacionais de graduação e pós-graduação poderão voltar a estudar na Nova Zelândia

exceção estudantes

A partir de abril de 2021, até 1.000 alunos prioritários internacionais de graduação e pós-graduação e suas famílias poderão retornar a Nova Zelândia para continuar seus estudos.

O Ministério da Educação determinará os critérios de distribuição desse grupo.

As vagas não ficarão restritas às universidades, os alunos também poderão retornar aos estudos em institutos de tecnologia e politécnica, wānanga ou estabelecimentos de treinamento privados.

Alguns alunos elegíveis já terão concluído alguns de seus estudos na Nova Zelândia, mas não puderam retornar à Nova Zelândia devido às restrições de fronteira.

Os provedores de educação da Nova Zelândia identificarão e nomearão os alunos elegíveis que atendam aos critérios.

Os alunos não precisarão se inscrever para vagas.

Regras e elegibilidade

Para serem elegíveis, os alunos devem possuir ou ter tido um visto válido para estudar em 2020 e ter estudado na Nova Zelândia em 2019 ou 2020 para sua qualificação atual e estar retornando para concluir seus estudos com seu provedor atual.

Os estudantes internacionais que entrarão na Nova Zelândia, sob esta exceção, deverão solicitar e obter um novo visto de estudante de acordo com os requisitos de imigração.

Os candidatos bem-sucedidos deverão concluir o isolamento e quarentena gerenciados padrão exigidos pelo governo.

Além disso, precisarão reservar seu espaço por meio do sistema de alocação, além de serem responsáveis pelos encargos padrão para isolamento gerenciado.

Devido às pressões trabalhistas como resultado da pandemia de COVID-19 e do aumento do custo de vida, os alunos qualificados precisarão provar que têm NZ$20.000 por ano para se sustentar durante a vigência do visto, bem como fundos adicionais para pagar pelo isolamento gerenciado e quarentena.

Parceiros e filhos dependentes de alunos nomeados poderão ser incluídos nas solicitações, de acordo com os requisitos de visto atuais.

O governo aprovou anteriormente uma exceção de fronteira para até 250 alunos internacionais de doutorado e pós-graduação.

Fonte: https://www.beehive.govt.nz/release/border-exception-some-returning-international-tertiary-students

Veja mais:

Por que a Nova Zelândia está esperando para lançar as vacinas contra Covid-19

Compartilhe este post com seus amigos

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Veja mais postagens que você pode gostar

Vistos para filhos dependentes
Visto

Vistos para Filhos Dependentes

As leis da Imigração da Nova Zelândia permitem que os filhos dependentes sejam incluídos na sua solicitação de visto, ou que solicitem um visto com

Ler mais »

Se inscreva na nossa newsletter

Não perca nenhuma novidade. Receba tudo no seu email.
Fique tranquilo, não mandamos spams.