Será que o Programa de Residência para Migrantes Qualificados precisa de revisão?

Será que o Programa de Residência para Migrantes Qualificados precisa de revisão?

O Ministro da Imigração, Kris Faafoi, está considerando uma reformulação do maior programa de residência da Nova Zelândia.

Ele diz que uma revisão da categoria de migrantes qualificados é uma prioridade.

Milhares de imigrantes e suas famílias estão esperando por notícias sobre suas solicitações de visto como migrantes qualificados.

E há outros que estão esperando para serem convidados a se inscrever desde março do ano passado.

Nenhuma decisão foi tomada sobre o reinício da seleção de manifestações de interesse (EOI – Expression of Interest) para trabalhadores qualificados, disse Faafoi, mas isso será analisado novamente no final do próximo mês.

Austrália lança inquérito

A Austrália lançou recentemente um inquérito sobre seu programa de migração qualificada, enquanto o Canadá convidou 27.000 trabalhadores temporários a se candidatarem para residência.

“Uma revisão da categoria de migrantes qualificados é uma das minhas prioridades para este mandato”, disse Faafoi em um comunicado por escrito.

“As decisões sobre o escopo e o tempo de qualquer revisão estão atualmente em consideração. Nenhuma decisão sobre as configurações ou intervalo de planejamento foi feita até o momento.

“As seleções de EOI na Categoria de Migrante Qualificado (SMC – Skilled Migrant Category) e na Categoria de Residência para Pais estão suspensas. Nenhuma decisão sobre quando as seleções de EOI serão retomadas. Em outubro de 2020, o governo decidiu adiar mais uma vez as seleções de EOI para o Skilled Migrant Category e Parent Category. Isso será revisado novamente até o final de março de 2021.”

Acredita-se que a revisão da imigração da Nova Zelândia poderia considerar ajustes de configurações, como limites mínimos de renumeração para empregos qualificados de nível inferior (Low Skill Roles – ANZSCO 4 – 5); ou pode ser algo mais abrangente.

Previsões

É realmente difícil prever quais são as prioridades do governo. Tudo depende de qual é o objetivo do governo.

Se o objetivo deles é dificultar a obtenção de residência para os migrantes, se esse for o objetivo, há várias maneiras de fazer isso.

“Ou se o objetivo é preencher lacunas no mercado de trabalho, eles podem dizer ‘sim, sabemos que há essa escassez, não temos enfermeiras, nem médicos ou engenheiros suficientes, vamos fazer com que fique mais fácil para eles consegam residência’. “

A Austrália foi mais estratégica na avaliação de suas necessidades de habilidades e na obtenção de trabalhadores necessários para o país, disse a advogada Elly Fleming.

Pedidos de residência diminuíram

O número de pedidos de residência caiu de 3.693 em junho do ano passado para 147 no mês passado.

E isso aconteceu depois que as EOIs foram suspensas no outono passado.

Metade de todos os pedidos de residência de migrantes qualificados leva cerca de 20 meses a dois anos para decidir.

O advogado de imigração Mike McMellon disse que esses fatores e a incerteza sobre o que agora pode acontecer com a categoria de migrantes qualificados estão afastando algumas pessoas.

“Eu simplesmente não consigo entender por que eles não colocaram mais recursos nisso. E pode muito bem ser que eles estejam colocando a residência da categoria de migrante qualificado em um padrão de espera até o momento em que realizem uma revisão sobre como eles vai continuar no futuro.

“Nesse ínterim, estamos recebendo pessoas que nos contatam dizendo ‘o que está acontecendo com a residência de imigrantes qualificados? Não tenho mais um caminho para a residência aqui na Nova Zelândia, estamos considerando aplicar para residência no Canadá’.

Muito em jogo

“Isso é o que está em jogo para a Nova Zelândia – as pessoas votarão com os pés. Os migrantes qualificados que de outra forma desejaríamos neste país irão embora.”

Não selecionar expressões de interesse por um ano foi problemático, acrescentou.

“Essas manifestações de interesse permanecem no pool por um máximo de seis meses e se não forem selecionadas dentro desse período, elas desaparecem. Pelo que sabemos neste momento, a Imigração da Nova Zelândia não está reembolsando essa taxa – então é efetivamente uma doação para a Imigração da Nova Zelândia.”

Não houve nenhuma razão relacionada à fronteira ou à pandemia que resistiu ao escrutínio para não convidar aqueles que se qualificam a se candidatar, disse ele, pois eles poderiam estar selecionando imigrantes que já estavam no país.

“A única justificativa que vejo é: a) eles têm poucos recursos para lidar com um acúmulo de recursos, ou b) eles não querem que essas pessoas necessariamente progridam para a residência na Nova Zelândia, porque há um fluxo notável de neozelandeses retornando para o país que podem assumir os empregos que esses migrantes teriam de outra forma.

“Agora, o perigo para a economia da Nova Zelândia é que, mesmo que isso aconteça, quando se tornar atraente viajar para o exterior novamente, essas pessoas que vieram aqui vão simplesmente desaparecer de novo? E perdemos tanto aquele neozelandês e o migrante que tinha um caminho para a residência.”

Situação um tanto quanto frustrante tanto para quem quer solicitar visto, quanto para quem trabalha com isso.

Esperemos que muito em breve o ministro venha com tal reformulação no Programa de residência, e que se decida sobre o formato do programa de residência para migrantes qualificados.

Fonte: https://www.rnz.co.nz/news/national/437077/skilled-migrant-residency-programme-in-need-of-review-faafoi

Veja mais:

Entenda como funciona o sistema de saúde da Nova Zelândia

Compartilhe este post com seus amigos

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Veja mais postagens que você pode gostar

Regiões da Nova Zelândia
Informações

Conheça as Regiões da Nova Zelândia

Quando você pensa em Nova Zelândia, quais cidades/regiões vêm mais rapidamente à sua mente? Normalmente as pessoas conhecem Auckland, Christchurch, Queenstown,  Wellington. O que mais

Ler mais »

Se inscreva na nossa newsletter

Não perca nenhuma novidade. Receba tudo no seu email.
Fique tranquilo, não mandamos spams.