Nova Zelândia: Saiba como conseguir emprego part-time sem qualificação

emprego part-time na nova zelandia - nzvisto

A modalidade de emprego part-time (meio período) é mais procurada por estudantes

A Nova Zelândia é um país receptivo, que dá espaço a mão de obra estrangeira e precisa disso. Tanto que existe a Lista de Escassez de Profissionais a Longo Prazo, pois o país está em constante desenvolvimento, mas não possui pessoal suficiente para preencher a demanda.

Estudantes estrangeiros também são bem vindos às empresas neozelandesas, mas só podem exercer 20 horas de trabalho semanalmente. Nas férias, dependendo do curso, o tempo aumenta para 40 horas – veja isso nas condições do seu visto.

Profissionais elegíveis à modalidade

Se você tem um inglês bom e um visto que te permita trabalhar na Nova Zelândia por meio período, é elegível a essa modalidade de emprego.

O visto que geralmente permite o estrangeiro a ter um emprego part-time é o Student Visa. É que, automaticamente, os empregadores sabem que o governo neozelandês permite que uma pessoa estuda no país, só possa trabalhar período part-time.

Tipos de empregos part-time e não qualificados

Os empregos meio período, em sua grande maioria, não são qualificados. Ou seja, não exigem bacharel ou anos de experiência. Mas, claro, que se você tiver o mínimo de conhecimento, acaba tendo mais destaque na hora da busca.

As profissões mais comuns dessa modalidade de emprego são Waitress (Garçom); Cleaner (Limpador); Kitchen Hand (Ajudante de Cozinha); Front of the House (Balconista/Atendente); Barista (Profissional que faz café); Vendedor de loja; Kitchen Staff/Dishwasher (Lavador de Louça); AuPair (babá).

Empregos na área de construção também são facilmente encontráveis, mas não tanto para quem tem visto de emprego part-time. Mas se você tem experiência ou prefere esta área, a busca é válida.

Aproveite e clique aqui para se inscrever no nosso canal no YouTube para ficar por dentro de outros tema relacionados 🙂

Como buscar por empregos meio período

A busca pode ser feitas em sites como TradeMe, ou também qualquer outra plataforma de buscas de emprego neozelandesa. Para isso, é necessário ter um currículo com cover letter (carta de apresentação), que mostre o porquê de você ser a melhor opção para aquela vaga.

O template (modelo) não precisa ser bem elaborado, pode ser mais simples, desde que contenha a cover letter, pois ela é indispensável na busca de empregos na Nova Zelândia.

Não é impossível conseguir emprego  que exige qualificação

É claro que, se você tiver experiência, bacharel ou um curso técnico, não é impedido de tentar um emprego meio período na sua área de atuação. É bem difícil que uma empresa neozelandesa queira um profissional que não trabalhe full-time. Mas se você tiver um diferencial que possa ser interessante ao empregador, não custa tentar.

Veja mais: Conheça o Student Visa, o visto de estudante da Nova Zelândia

Compartilhe este post com seus amigos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja mais postagens que você pode gostar

Se inscreva na nossa newsletter

Não perca nenhuma novidade. Receba tudo no seu email.
Fique tranquilo, não mandamos spams.