O governo da Nova Zelândia anuncia alterações de curto prazo nos vistos de trabalho temporário

Governo Nova Zelândia alterações de curto prazo

Em 7 de julho, o governo fez três alterações importantes nos vistos de trabalho temporário. Essas mudanças devem-se ao impacto que o COVID-19 continua a ter sobre empresas e portadores de visto de trabalho temporário na Nova Zelândia.

Essas mudanças fornecerão aos migrantes mais certeza sobre sua situação de trabalho no curto prazo. Eles também permitirão que os empregadores mantenham os titulares de visto de trabalho que já empregam sem tirar oportunidades dos neozelandeses.

Existem 3 alterações

Prorrogações de 6 meses para vistos de trabalho temporário assistidos pelo empregador.

Se você estiver na Nova Zelândia em 10 de julho de 2020 e possuir um visto de trabalho temporário assistido pelo empregador que expira antes de 31 de dezembro de 2020, ele será prorrogado por 6 meses. Isso inclui:

  • vistos com vencimento após 9 de julho de 2020
  • vistos que foram estendidos anteriormente até 25 de setembro de 2020 sob o aviso de gerenciamento de epidemias [Epidemic Management Notice].

Um visto de trabalho temporário assistido pelo empregador inclui:

  • Essential Skills
  • Work to Residence
  • Vistos de trabalho especiais e qualificados para China, Indonésia, Coréia do Sul, Filipinas e Vietnã
  • Vistos de trabalho de categoria especial para intérpretes japoneses e chefs tailandeses
  • Vistos de trabalho concedidos sob a seção 61 da Lei de Imigração de 2009 [Section 61 Request] que especificam um empregador

Todas as outras condições de visto originais permanecem as mesmas, incluindo o cargo e a localização.

Você (ou seu immigration adviser licenciado, ou quem estiver listado como seu contato no sistema da imigração) receberá um e-mail da Immigration New Zealand confirmando sua extensão de visto até terça-feira, 14 de julho de 2020.

Os vistos para parceiros e filhos dependentes não serão estendidos

Se você deu suporte para a aplicação de um visto para um parceiro ou filho dependente e ele/a tem um visto com base no relacionamento deles com você, a data de validade do visto deles não será estendida automaticamente. Eles precisarão solicitar um novo visto.

Alterações no seu emprego

Se você está procurando um novo cargo ou as condições de seu emprego foram alteradas, será necessário solicitar uma variação das condições [Variation of Conditions] ou um novo visto, dependendo das circunstâncias. Se você precisar solicitar um novo visto na categoria Essential Skills [Habilidades Essenciais], o empregador precisará demonstrar que fez uma tentativa genuína de recrutar e treinar neozelandeses antes que eles possam empregá-lo.

Os empregadores que desejam preencher cargos com salários mais baixos ainda precisarão obter um relatório de correspondência qualificada (o Skills Match Report), obtível através do Ministério do Desenvolvimento Social (Ministry of Social Development) antes de empregar um trabalhador migrante.

Pessoas com um visto LOW SKILL – Work Visa para quem atua em função considerada LOWER SKILL onde a profissão seja de nível 4 ou 5 na tabela ANZSCO, ou mesmo quem ganha abaixo do mínimo exigido de $21.68 por hora, teria que ficar pelo menos um ano fora da Nova Zelândia após ter tido tal visto por 3 anos, devido à situação atual o governo adiará essa regra, ao invés de começar agora em Agosto de 2020, será adiada para Fevereiro de 2021.

Se você trabalha em uma função com salários mais baixos [LOW SKILL], onde teria que sair da Nova Zelândia entre agosto de 2020 e 31 de dezembro de 2020, poderá permanecer no país e trabalhar para o mesmo empregador na mesma ocupação e local por até mais 6 meses, de acordo com a extensão do seu visto, citada acima.

O período de suspensão ainda se aplicará se você solicitar outro visto de trabalho de Habilidades Essenciais com salário mais baixo, outro LOW SKILL visa, incluindo trabalhar para outro empregador ou mudar de local em uma função com salário mais baixo.

Após fevereiro de 2021, se você ficou 3 anos no país com um visto de trabalho LOW SKILL, deverá deixar a Nova Zelândia por 12 meses antes de poder solicitar outro visto de trabalho com salário mais baixo [LOW PAID, de acordo com as novas regras após 27 de julho de 2020].

VISTOS LOW SKILL terão duração de 6 meses, ao invés de 1 ano, como antes era feito. Essa alteração afetará todos os novos pedidos de visto de trabalho com habilidades essenciais mais baixas apresentados a partir de 10 de julho de 2020.

As solicitações recebidas antes de 10 de julho ainda receberão um visto de 12 meses, se aprovadas.

Mudanças futuras que podem te afetar

A partir de 27 de julho de 2020, a imigração começar a utilizar outros parâmetros mais simples, para determinar se um trabalho é mal pago ou mais bem pago.

Isso significa que, se você solicitar um visto de trabalho para um emprego que paga abaixo do salário médio [$25.50 por hora], o empregador precisará incluir um Relatório de Correspondência de Habilidades (o Skills Match Report obtível através do Ministério do Desenvolvimento Social.

A duração do visto dependerá do pagamento acima ou abaixo do salário médio nacional.

Se a remuneração for acima de $25.50 por hora = HIGH PAID = até 3 anos de visto, se ganhar abaixo de $25.50 por hora = LOW PAID = seria 1 ano, mas devido às mudanças causados no mercado de trabalho pelo covid19, a duração de tal visto, será apenas de 6 meses.

Aproveite e clique aqui para se inscrever no nosso canal no YouTube para ficar por dentro de outras novidades sobre a Nova Zelândia 🙂

E novas atualizações, e lives com novidades e mudanças no nosso instagram @nzvisto – https://instagram.com/nzvisto

Compartilhe este post com seus amigos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja mais postagens que você pode gostar

Se inscreva na nossa newsletter

Não perca nenhuma novidade. Receba tudo no seu email.
Fique tranquilo, não mandamos spams.