Mudança na exigência do Skills Match Report e introdução de lista de oferta excessiva e insuficiente

Mudança na exigência do Skills Match Report e introdução de lista de oferta excessiva e insuficiente

O processo do Skills Match Report foi simplificado para que os empregadores possam descobrir mais facilmente se neozelandeses estão disponíveis para empregos.

Para isso, o Ministério de Desenvolvimento Social criou listas de ocupações e regiões onde há um claro excesso ou falta de oferta de neozelandeses em busca de emprego. Veja aqui a página oficial dessas mudanças.

O SMR – Skills Match Report não será necessário para ocupações nas listas, entenda:

Se um empregador estiver tentando preencher uma vaga, e tal ocupação consta na lista de oferta insuficiente (undersupply), ele não precisará obter um Skills Match Report, mesmo que o trabalho seja pago abaixo do salário médio da Nova Zelândia, que hoje é de NZ$25.50 por hora.

Existe uma oferta excessiva (oversupply) de candidatos a emprego da Nova Zelândia em todas as regiões para algumas ocupações nos seguintes setores:

  • Retail and hospitality – varejo e hospitalidade;
  • Construction – construção;
  • Administration and call centre workers – funcionários de administração e call center;
  • Manufacturing and warehousing – fabricação e armazenamento;
  • Transport – transporte.

A partir de 7 de outubro de 2020, a Imigração da Nova Zelândia considerará essas listas ao avaliar os pedidos de visto de trabalho de habilidades essenciais – Essential Skills Work Visa para cargos pagos abaixo do salário médio nacional [NZ$25.50 por hora].

Para solicitações de vistos enviadas antes de 7 de outubro de 2020, o Skills Match Report enviado ainda será considerado como parte da avaliação da solicitação.

Os empregadores ainda precisarão anunciar suas vagas e demonstrar que fizeram tentativas genuínas para atrair e recrutar neozelandeses adequados.

Para ter clareza se a ocupações é oversupply ou undersupply, veja a lista no site oficial do MSD – Ministry of Social Development.

Sem clareza se tal ocupação está em falta ou tem em excesso?


Não há mudança no processo para ocupações e regiões que não estão nas listas de excesso ou falta de oferta. Um Skills Match Report ainda é necessário antes que um empregador possa contratar um migrante que ganhe abaixo do salário médio nacional, atualmente NZ$25.50 por hora.

Esta medida é temporária – as listas de sobre (oversupply) e suboferta (undersupply) são uma medida temporária em resposta aos efeitos do COVID-19 no mercado de trabalho. Eles serão revisados ​​no início de 2021, ou antes, se houver uma mudança significativa.

A Imigração da Nova Zelândia (INZ) está usando as listas de excesso e falta de oferta do Ministério de Desenvolvimento Social (MSD) para determinar se os neozelandeses estão disponíveis para empregos em determinadas ocupações em algumas regiões.

As seguintes ocupações serão adicionadas à lista de falta de oferta (undersupply) para a área coberta pelo Conselho do Distrito de Queenstown Lakes:

A partir de 1º de dezembro de 2020, mais ocupações de hospitalidade e turismo serão adicionadas à lista de falta de oferta da área de Queenstown (Queenstown, Arrowtown, Wanaka, Kingston, Glenorchy, Hawea e Wakatipu). Isso permitirá que mais empregadores apoiem um pedido de visto de trabalho para funções pagas abaixo do salário médio [NZ$25.50 por hora].

351311 – Executive Chef, Head Chefs, Sous Chefs, Chef de Partie, Commis Chef
351411 – Cook
431111/ 431511 – Restaurant supervisor
431511 – Waiter
431111 – Bartender
431112 – Barista
851299 – Butchery assistant
851211 – Bakery assistant
851299 – Food trades assistant
851111 – Fast food cook
​851311 – Kitchenhand
431411 – Concierge
542113 – Hotel or Motel Receptionist
811211 – Cleaner
431912 – Porter
811511 – Laundry Attendant
811411 – Housekeeper
452299 – Outdoor Adventure Guide
452217 – Raft Guides
452214 – Canyon Guide
451412 – Tour Guide

Os empregadores ainda precisarão anunciar suas vagas e demonstrar que fizeram tentativas genuínas para atrair e recrutar neozelandeses adequados.

Os empregadores devem corresponder com precisão o trabalho oferecido às ocupações ANZSCO (versão 1.2). A partir do próximo ano (2021), a imigração fará a transição para ANZSCO Versão 1.3 para avaliar o emprego qualificado.

A lista atualizada de falta de oferta na área de Queenstown será usada na avaliação da Imigração dos pedidos de visto de trabalho de habilidades essenciais que são pagos abaixo do salário médio [NZ$25.50 por hora] a partir de 1º de dezembro de 2020, independentemente da data em que o pedido foi apresentado.

Leia também: Visto de trabalho sazonal (SSE) disponível para mais pessoas

Compartilhe este post com seus amigos

Veja mais postagens que você pode gostar

Vistos para filhos dependentes
Visto

Vistos para Filhos Dependentes

As leis da Imigração da Nova Zelândia permitem que os filhos dependentes sejam incluídos na sua solicitação de visto, ou que solicitem um visto com

Ler mais »

Se inscreva na nossa newsletter

Não perca nenhuma novidade. Receba tudo no seu email.
Fique tranquilo, não mandamos spams.