NZ Visto

Dúvidas frequentes

O trabalho de Immigration Adviser licenciado pelo Governo da Nova Zelândia é de aconselhar e fazer solicitações de vistos nas categorias Visitor, Student, Work e Residence para pessoas interessados em uma dessas opções.

Um dos serviços da NZ Visto é uma consulta inicial para avaliar o caso individual antes que o candidato inicie processo para solicitação de visto. E, desta forma, achar o melhor caminho, possibilidades de vistos e todos os requerimentos, esclarecendo todas suas dúvidas e criando um planejamento para poder alcançar tal objetivo. Para agendar uma consulta, é só clicar aqui.

E além da consulta inicial, a NZVisto atua em aplicações de vistos.

Para ir morar na Nova Zelândia com visto definitivo, que dá permissão de viver e trabalhar no país, o visto a ser solicitado é o de residência na categoria skilled migrant. Para isso o solicitante deve ser de uma profissão que esteja em demanda no país.

Para ser elegível a conseguir um Student Visa é necessário comprar um curso e pagá-lo. O visto é dado pelo tempo de duração do curso. Se você fizer um curso de período superior a 14 semanas em escola de categoria 1, terá o benefício de poder trabalhar 20 horas por semana. Só é dada a permissão de trabalho para o partner (companheiro e/ou cônjuge) quando o curso é acima de level 8, ou seja, pós-graduação que faça parte das profissões de alta demanda. Cursos abaixo disso não dão direito de trabalho ao partner. Para mais informações, clique aqui.

É necessário conseguir uma oferta de trabalho para poder solicitar um Work Visa, ou até mesmo solicitar diretamente o visto de residência, se o candidato tiver pontuação para isso. A NZVisto faz o pre-assessment (teste de elegibilidade) em nossas consultas e verificamos se o aplicante tem a pontuação mínima requerida para o Resident Visa (visto de residência). Caso não alcance os requisitos mínimos, procuramos um melhor caminho, como Work Visa, e possíveis estratégias para aumentar a pontuação. Veja mais clicando aqui.

Immigration Advisers licenciados, como é o caso do Peterson Fabrício, CEO e immigration adviser licenciado da NZ Visto, conhecem todas as etapas e os procedimentos necessários para obtenção de vistos, eliminando qualquer risco de não conformidade da documentação, o que invariavelmente resulta na negação do visto.

A Nova Zelândia possui regras específicas, rigorosas e até mesmo burocráticas para concessão de vistos. Utilizando os serviços de um Immigration Adviser licenciado, você só precisa se preocupar com a sua viagem, sem sofrer eventuais atropelos de perda de passagem já

comprada ou ter custos de reagendamento de viagem, além do desgaste emocional e perda de tempo.

Mais ainda, um visto negado trás um prejuízo não quantificável, que é o registro dessa negativa nos arquivos da Imigração.

O trabalho de um Immigration Adviser licenciado trata da documentação e não garante a concessão do visto. Esta é uma decisão exclusiva da Imigração da Nova Zelândia, que analisa e avalia cada processo, aplicando critérios próprios de cada caso.

Peterson Fabrício atende de segunda à sexta-feira das 10h as 18h do horário de Brasília, ou seja, de terça à sábado das 1am as 9am do horário local da Nova Zelândia.

Para agendar sua consulta, por favor, informe seus melhores dias e horários, dentro da disponibilidade citada acima. Você pode agendar clicando aqui.

A consulta inicial tem a duração de até 1 hora. Neste tempo você poderá fazer quaisquer perguntas relacionados a vistos. 

Este é o momento de esclarecer todas suas dúvidas sobre os procedimentos relacionados à solicitação de visto, pré requisitos, comprovações exigidas, etc. 

  • É proibido aconselhar, dar informações e preencher formulários da imigração neozelandesa, a não ser que uma pessoa seja licenciada para tal propósito. Veja mais em www.newzealandnow.govt.nz/move-to-nz/new-zealand-visa/getting-immigration-advice
  • Os consultores de imigração da Nova Zelândia só podem ser licenciados através da Autoridade dos Consultores da Imigração – Immigration Advisers Authority
  • Para checar se alguém realmente é licenciado verifique através do registro mantido pela Autoridade dos Consultores da Imigração – IAA Find a Registered Adviser (Profissionais licenciados=Migrantes protegidos)
  • NZ Immigration Adviser = Pode ser utilizado o termo Consultor, Conselheiro ou agente migratório.
  • Solicitações para Visto de trabalho devem incluir uma oferta de emprego, a única exceção sendo a solicitação de visto de trabalho feita fundamentada em parcerias/relacionamentos, ou dentro da política de pesquisa de emprego para graduados.
  • Nem sempre é necessário que haja uma oferta de emprego para pedidos de residência dentro da Categoria de Migrantes Qualificados e cerca de 10% dos pedidos de manifestação de interesse desta categoria [SMC EOIs] são selecionados sem uma oferta de emprego.
  • Vários trabalhos listados na lista de habilidades em demanda da Imigração Neozelandesa não satisfazem os critérios de trabalho especializado necessário para um pedido de residência através da Categoria de Migrantes Qualificados.
  • Os requerimentos à Imigração (pedidos de vistos) são avaliados e decididos levando-se em consideração as políticas vigentes no momento em que o pedido é aceito para análise pela imigração Neozelandesa. Mudanças nas políticas e regras imigracionais ocorridas após a data em que o pedido é aceito para análise, não há impacto sobre o processamento do mesmo.
  • Novas informações podem ser adicionadas ou levadas em conta em qualquer solicitação de visto já em andamento até que a decisão seja tomada – por exemplo: uma oferta de emprego qualificado pode ser adicionada a um processo de solicitação de residência feito através da Manifestação de Interesse dentro da Categoria de Migrantes Qualificados [EOI/SMC] a qualquer momento.
  • Não há nenhum benefício adicional atribuído às processos de solicitação de visto que têm um maior total de pontos acima do mínimo dentro dos critérios de seleção, ainda que as solicitações que inclua uma oferta de emprego qualificado tende a ser processada mais rapidamente.
  • A Manifestação de Interesse [EOI – Express of Interest] não é um pedido / solicitação de visto e por esse motivo não há direito de recursos se a Manifestação de Interesse [EOI – Express of Interest] for recusada.
  • Nem todas as ofertas de emprego irá satisfazer as exigências dentro das regras e políticas a ser avaliadas como emprego qualificado dentro das políticas de visto temporário de trabalho ou para residência. E esse é o principal e recorrente problema dentro dessa categoria. Emprego qualificado é uma definição na política dessa categoria de visto e não é relevante ao nível de habilidade do trabalho a ser realizado.
  • Em algumas categorias de visto há regras que impõe limite de idade para o requerente principal, mas não há limite de idade para o parceiro do requerente em qualquer categoria.
  • A maior parte dos vistos de trabalho são emitidos para permitir que o seu titular trabalhe apenas para um determinado empregador, em uma função e localização específica e o titular deve trabalhar em conformidade com estas condições.
  • Uma variação de condições (um tipo de solicitação de mudança de visto) pode ser solicitado para acomodar quaisquer alterações destas condições.
  • Você não precisa ser casado para se submeter uma solicitação de visto baseada em um relacionamento ou para incluir o seu parceiro em uma solicitação de residência. A regra exige, nesse caso, que vocês devam estar vivendo juntos em uma relação verdadeira e estável, sendo casado ou não.
  • Não há um prazo determinado para o processamento de concessão de visto, embora os escritórios da Imigração Neozelandesa irá informar um cronograma esperado após a data que sua solicitação for recebida e aceita para processamento. O tempo de processamento depende em grande parte do volume de trabalho e problemas associados a aplicações individuais. Veja aqui.
  • Em geral, dependentes com menos de 25 anos podem ser incluídos em requerimentos para residência, desde que eles sejam financeiramente dependentes, solteiros e não tenham filhos.
  • Parceiros de cidadãos ou residentes da Nova Zelândia ou de titulares de visto de trabalho a longo prazo (e determinados titulares de visto de estudante) recebem vistos de trabalho aberto. Um visto de trabalho aberto permite ao seu titular trabalhar em qualquer função para qualquer empregador e até mesmo trabalhar por conta própria.
  • A Nova Zelândia reconhece que uma pessoa pode ter múltiplas nacionalidades e possuir vários passaportes, além do passaporte Neozelandês.
  • Algumas profissões na Nova Zelândia exige que o profissional tenha um registro de classe, veja se a sua está na lista.

Precisa de ajuda?

Ainda está com dúvidas da forma correta de fazer sua solicitação de vistos?

Os formulários e documentos necessários podem ser um pouco confusos.

Entre em contato pelo telefone +64 22 427 9363 (Nova Zelândia) ou via email contato@nzvisto.com

Podemos te auxiliar na sua solicitação de visto!