Governo anuncia novas regras de teste da Covid-19 na Nova Zelândia

teste antes de entrar

O Diretor-Geral de Saúde da Nova Zelândia, Dr. Ashley Bloomfield, agora tem o poder de exigir que os viajantes de todos os países do mundo apresentem um teste negativo da Covid-19 antes de partir para o país.

Espera-se que ele use esse poder em breve, de acordo com o ministro de Resposta para a Covid-19, Chris Hipkins. Além disso, a maioria dos viajantes agora terá que fazer um teste assim que entrar na Nova Zelândia.

Esta tarde, o governo revelou uma série de novas mudanças na proteção de fronteira que, segundo ele, protegeria a Nova Zelândia da Covid-19, incluindo quaisquer novas cepas mais contagiosas.

“Dadas as altas taxas de infecção em muitos países e as evidências da disseminação global de variantes mais transmissíveis, está claro que a maioria das rotas aéreas globais será uma preocupação crítica no futuro previsível e devemos responder fortemente à evolução da situação”, disse Hipkins.

As exceções

No momento, apenas pessoas vindas do Reino Unido e dos Estados Unidos são obrigadas a apresentar um teste negativo. As únicas exceções são os viajantes da Austrália, Antártica e algumas nações das ilhas do Pacífico.

Hipkins também expandiu os requisitos de quarentena doméstica e testes de isolamento da Nova Zelândia.

Viajantes de qualquer parte do mundo serão obrigados a realizar os testes de Covid-19 a partir do dia 18 de janeiro de 2021, do 1º dia ao entrar no país, bem como os testes de rotina dos dias 3 e 12.

Pessoas que viajam da Austrália, Antártica e alguns países das ilhas do Pacífico também estão isentas dessas regras.

“A Nova Zelândia já tem algumas das medidas de proteção de fronteira mais rigorosas do mundo. As emendas de hoje fortalecem ainda mais essa posição em linha com a estratégia geral de eliminação do governo”, disse o ministro.

Hipkins disse que a Nova Zelândia tem a sorte de não ter casos comunitários de nenhum tipo de variante.

“É por isso que continuamos a agir, com passos muito específicos para fortalecer ainda mais nossa resposta na fronteira aérea”, disse ele.

Regras

Enquanto isso, Hipkins anunciou uma série de outras alterações na Ordem de Fronteira Aérea que ele assinou hoje.

  • Crianças menores de dois anos estarão isentas do teste antes da partida
  • Os passageiros em trânsito pelo Reino Unido e EUA por não mais de 96 horas antes de partir para a Nova Zelândia estarão isentos, por enquanto, dos testes de pré-partida
  • Os testes RT-PCR, LAMP e testes de antígeno viral serão todos aceitos para o teste antes da partida
  • Todos os testes devem ser processados ​​em um laboratório
  • Uma cópia impressa ou eletrônica do resultado do teste de um laboratório credenciado será a documentação aceitável de um teste negativo
  • Após a chegada na Nova Zelândia, os viajantes deverão apresentar prova do resultado negativo do teste a um oficial da alfândega durante o processamento do passaporte. Tanto uma cópia impressa quanto uma cópia eletrônica serão aceitas.

Em casos raros, Hipkins disse que a exigência de um teste com 72 horas de antecedência pode ser estendida para 96 ​​horas se o vôo de uma pessoa foi atrasado ou cancelado, ou os resultados do teste não foram recebidos a tempo.

Nessa situação, entretanto, o vôo deve ser reprogramado ou remarcado para decolar em 24 horas.

Mas reiterou que todos os viajantes, incluindo qualquer um isento do requisito de teste antes da partida, ainda serão obrigados a completar o isolamento obrigatório de 14 dias, que se aplica a todos os recém-chegados à Nova Zelândia.

A partir de 29 de janeiro de 2021, chegar na Nova Zelândia sem evidência de um teste de Covid-19 ou certificado médico negativo aprovado incorreria em uma taxa de infração ou multa não superior a NZ$1,000.

Fonte: https://www.nzherald.co.nz/nz/covid-19-coronavirus-government-announces-new-covid-testing-rules/C4QQPKH2I6J7HZC3ODHBJBNTOY/

Veja mais:

Alunos internacionais de graduação e pós-graduação poderão voltar a estudar na Nova Zelândia

Compartilhe este post com seus amigos

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Veja mais postagens que você pode gostar

Vistos para filhos dependentes
Visto

Vistos para Filhos Dependentes

As leis da Imigração da Nova Zelândia permitem que os filhos dependentes sejam incluídos na sua solicitação de visto, ou que solicitem um visto com

Ler mais »

Se inscreva na nossa newsletter

Não perca nenhuma novidade. Receba tudo no seu email.
Fique tranquilo, não mandamos spams.