Confirmadas extensão dos vistos Work Holiday Visa e SSE

Imagem conta com páginas de passaporte e documentos indicando aplicação de visto para ilustrar que foi confirmada extensão de vistos como o Work Holiday Visa e SSE na Nova Zelândia

Cerca de 10.000 titulares de visto de Work Holiday Visa e SSE (visto de trabalho sazonal) que irão vencer entre 21 de junho e 31 de dezembro de 2021 serão estendidos por mais seis meses para ajudar a gerenciar a escassez de mão de obra enquanto as restrições de fronteira devido ao COVID-19 na Nova Zelândia permanecem em vigor.

Os titulares de vistos SSE também terão direitos de trabalho abertos, permitindo-lhes trabalhar em qualquer setor.

Isso também deixará os portadores de visto mais à vontade, sabendo que eles podem ficar e trabalhar na Nova Zelândia.

O governo continuará monitorando as situações de fronteira e do mercado de trabalho e, se necessário prorrogarão esses vistos novamente no futuro.

Essential Skills Work Visa

Os vistos de trabalho de Habilidades Essenciais [Essential Skills Work Visa] não serão estendidos novamente, mas a duração dos vistos de Habilidades Essenciais para empregos pagos abaixo do salário médio [abaixo de $25.50 por hora] aumentará de seis para 12 meses, levando-os de volta às configurações pré-COVID.

A implementação do período de suspensão [o stand-down period] onde o titular de tal visto deve ficar pelo menos 1 ano fora da Nova Zelândia, após ter trabalhado 3 anos com tal visto, será adiada até julho de 2022.

Essas mudanças darão mais certeza aos migrantes e seus empregadores de que os trabalhadores cujas habilidades ainda são necessárias podem permanecer na Nova Zelândia, sujeitos a testes de mercado de trabalho [labour market test] para provar que não há neozelandeses disponíveis para preencher a função se um empregador quiser apoiar um trabalho pedido de visto.

Compromisso do governo com extensões de visto

As extensões de visto e o adiamento do período de suspensão são medidas temporárias e refletem o compromisso do governo em apoiar os empregadores e setores que enfrentam escassez de mão de obra enquanto nossas restrições de fronteira permanecem em vigor.

Esta abordagem está alinhada com o objetivo geral de novas reformas de vistos de trabalho temporário que são projetadas para garantir que os neozelandeses sejam priorizados para oportunidades de trabalho.

Pedidos de visto em relação ao salário médio por hora

Juntamente com essas mudanças nos vistos de trabalho para habilidades essenciais [Essential Skills Work Visa], a partir de 19 de julho, os pedidos de visto serão avaliados em relação à taxa de salário médio por hora atualizada para $27 por hora.

Essa taxa de pagamento determinará se os empregos serão tratados como mais ou menos bem pagos – o que determina se tal visto será válido por 3 anos ou apenas 1 ano. A taxa salarial foi definida após consulta pública.

Os empregadores que pagar abaixo do salário médio (no momento $25.50, e após 19/07/21 $27 por hora) ainda poderão acessar os trabalhadores migrantes, mas precisarão verificar com o Ministério de Desenvolvimento Social para ver se um candidato a emprego registrado está disponível – através do Work and Income New Zealand.

O governo recentemente delineou uma visão de longo prazo para o sistema de imigração da Nova Zelândia, que envolverá setores fazendo uma transição gerenciada para novas formas de atrair, treinar e melhorar a qualificação dos kiwis para empregos e investir em medidas de produtividade que apoiarão a recuperação do COVID-19 da Nova Zelândia.

A Imigração da Nova Zelândia entrará em contato com todos os portadores dos vistos – Work Holiday Visa (visto de de trabalho e férias) e SSE até 25 de junho de 2021.

Notas:

Os vistos de trabalho e férias (Work Holiday Visas) que expiram entre 21 de junho e 31 de dezembro de 2021 serão automaticamente prorrogados por seis meses.

Os vistos de trabalho da SSE que expiram entre 21 de junho e 31 de dezembro de 2021 serão automaticamente prorrogados por seis meses com direitos de trabalho abertos, permitindo-lhes trabalhar em qualquer setor.

Qualquer pessoa que já está na Nova Zelândia e tenha tido anteriormente um visto de trabalho temporário ainda poderá solicitar um visto de trabalho SSE. Os novos vistos concedidos nesta categoria ficarão restritos ao trabalho nos setores de horticultura e viticultura.

O aumento salarial médio se aplicará aos pedidos de visto de trabalho de Habilidades Essenciais [Essential Skills], bem como aos pedidos de residência da Categoria de Migrante Qualificado [Skilled Migrant Category] e à categoria de exceção de fronteira Outro Trabalhador Crítico [Other Critical Worker border exception category].

A implementação do período de suspensão [stand down period] está sendo adiada ainda mais até julho de 2022. O período de suspensão exige que as pessoas com vistos de trabalho de Habilidades Essenciais de menor salário deixem a Nova Zelândia após um certo período de tempo [3 anos] antes de poderem se inscrever para outro de menor valor visto de trabalho.

Veja mais:

Saiba quais os tipos de vistos que existem na Nova Zelândia

Compartilhe este post com seus amigos

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Veja mais postagens que você pode gostar

Se inscreva na nossa newsletter

Não perca nenhuma novidade. Receba tudo no seu email.
Fique tranquilo, não mandamos spams.