Como tirar ou renovar o passaporte comum brasileiro

Como tirar ou renovar passporte brasileiro - nzvisto

Veja abaixo o passo a passo para conseguir seu passaporte

Esse é o primeiro passo para poder viajar para destinos fora do Brasil é tirar seu passaporte. A obtenção do passaporte é algo simples, mas ainda assim muitas pessoas tem dúvidas, e por esse motivos criamos um passo a passo sobre quais os documentos necessários, como solicitar e emitir o passaporte junto à Polícia Federal que é o órgão responsável para emissão desse tão importante documento.

A solicitação do passaporte pode ser feito pela própria pessoa, basta juntar a documentação exigida, pagar a taxa e ir pessoalmente na agência da Polícia Federal mais próxima de você. Primeiramente para levar a documentação, ser identificado (digitais e foto) e na próxima visita já poderá fazer a retirada do seu passaporte.

Nesse post tratamos do passaporte comum para brasileiros, existem outros tipos de passaportes, esses mais específicos podem ser verificados diretamente no Portal Consular – Ministério das Relações Exteriores.

Passo 1 – Junte toda a documentação exigida

Documento de Identificação, que pode ser a Carteira de Identidade (RG), carteira funcional reconhecida por lei federal, Carteira de Habilitação (CNH) com foto ou Carteira de Trabalho (CTPS). O passaporte anterior também é válido.

Importante: caso houve mudança de nome leve o documento oficial que comprove tal mudança como (certidão de casamento, nova certidão de nascimento com nome novo).

Cadastro de Pessoa Física (CPF) caso o número conste em sua Cédula de Identidade (RG), CNH ou Carteira de Trabalho não é necessário apresentar o original.

Certidão de Casamento, caso teve alteração no nome.

Certificado de Naturalização, para os naturalizados como brasileiros.

Além dos documentos acima citados, caso esse não seja seu primeiro passaporte será necessário apresentar o passaporte anterior.

Desde dezembro de 2017, não é mais necessário apresentar título de eleitor, comprovantes de votação ou de serviço militar (no caso dos homens). A consulta sobre a situação junto ao serviço militar e quitação eleitoral será feita online no momento do atendimento. Caso a situação se encontre irregular ou se houver divergência de dados a Polícia Federal poderá solicitar os documentos de quitação de serviço militar e a certidão de quitação eleitoral junto ao TSE, que pode ser feito online.

Todos os documentos devem ser os originais.

Em caso de dúvidas, ligue para o telefone 194 ou pelo site da Polícia Federal.

Passo 2 – Preencha a solicitação online diretamente no site da Polícia Federal

O formulário é bem simples e seu preenchimento é rápido. São quatro telas – a primeira é solicitado os dados pessoais, segunda tela é pedido os documentos, terceira os dados complementares (endereço, e-mail e profissão). Na quarta e última tela, é a parte de confirmação de todos os dados.

Após a confirmação dos dados será gerado um protocolo com sua solicitação e o boleto do Guia de Recolhimento da União (GRU) para o pagamento.

3. Pagamento da taxa de emissão

Assim que você preencher o formulário de solicitação, clique para gerar o boleto de Guia de Recolhimento da União (GRU).

Em virtude da necessidade de registro da GRU na nova plataforma de boletos da FEBRABAN, após a geração do boleto, é recomendável aguardar pelo menos uma hora antes de realizar o pagamento.

Pague a GRU gerada, respeitando sua data de vencimento. O valor atualmente é de R$ 257,25 e o pagamento pode ser feito em qualquer banco ou agência lotérica.

Somente após o pagamento ter sido confirmado no sistema é que a pessoa poderá fazer o agendamento do atendimento pelo site da Polícia Federal. Na maioria dos casos o sistema libera o acesso no dia seguinte ao pagamento, após a compensação bancária.

4. Agendamento do atendimento pessoal

Veja as unidades da Polícia Federal mais próxima de você.

Após ter efetuado o pagamento da GRU (entre 1-3 dias), acesse o site da Policia Federal na parte de Agendamento de Atendimento. Caso o agendamento seja para mais de uma pessoa, é possível agendar o todos de uma só vez, basta informar a quantidade de solicitações a agendar. Veja imagem abaixo:

Após ingressar com o CPF, número de protocolo e data de nascimento, o sistema indicará as cidades e postos disponíveis, assim como os dias e horários livres em cada um deles.

Aproveite e clique aqui para se inscrever no nosso canal no YouTube para ficar por dentro de outros temas relacionados.

5. Compareça no posto da Polícia Federal na data agendada

Na data agendada, compareça ao posto da Polícia Federal com toda a documentação original citado no passo 1. A apresentação do comprovante de pagamento não é obrigatória, mas pode ser necessária em casos de divergência ou erro de preenchimento de CPF, então vale a pena levá-lo, para não ter problemas.

Não é mais necessário levar fotografia, pois ela será tirada pela Polícia Federal no momento do atendimento. A apenas para crianças com menos de 3 anos, que exigem uma fotografia facial no tamanho 5X7, recente, colorida e com fundo branco.

O atendimento costuma ser bem rápido. Após uma triagem inicial (chamada das pessoas com agendamento para aquele horário) a pessoa é chamada por uma senha para a conferência dos dados. Em seguida, pela mesma senha, a pessoa fará a coleta de impressões digitais e tirar a foto.

Pronto! Agora é só aguardar a confecção do seu passaporte.

Prazo para entrega é de seis dias úteis em geral.

Veja o protocolo que te foi entregue, nele consta a data provável de entrega.

É possível acompanhar o andamento do pedido – e geralmente o solicitante recebe um e-mail avisando que o passaporte está pronto e disponível para ser retirado.

6. Melhor passo!!! – retirada do seu passaporte

Recebeu e-mail de confirmação, ou verificou no link de andamento, ou simplesmente chegou a data indicada no protocolo?

Compareça ao mesmo posto da Polícia Federal, com um documento de identidade original e faça a retirada!
A validade do passaporte é de dez anos, se o seu está próximo do vencimento pode tirar um novo antes de expirar, seguindo os passos acima.

Caso ainda tenha alguma dúvida, verifique no site da Polícia Federal a página de dúvidas frequentes, pelo e-mail faleconosco@dpf.gov.br ou pelo telefone 194.

Para pessoas que estão na Nova Zelândia poderão fazer a solicitação diretamente com a Embaixada do Brasil em Wellington. Veja o procedimento na página da embaixada.

E para verificar os locais de atendimento fora do Brasil, veja a rede consular no exterior.

Compartilhe este post com seus amigos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja mais postagens que você pode gostar

Se inscreva na nossa newsletter

Não perca nenhuma novidade. Receba tudo no seu email.
Fique tranquilo, não mandamos spams.