Aprovado o uso da vacina contra a Covid-19 na Nova Zelândia

A Medsafe aprovou condicionalmente a vacina contra a Covid-19

A Medsafe aprovou condicionalmente a vacina contra a Covid-19 produzida pela Pfizer e o anúncio da decisão foi feito pela primeira-ministra Jacinda Ardern em uma live nesta quarta-feira, 3.

Em suma, os critérios considerados mais importantes para a aprovação foram a segurança, eficácia e a qualidade de sua produção.

Os primeiros kiwis que serão vacinados serão os trabalhadores Managed Isolation and Quarantine (MIQ) e suas famílias. 

“Sujeito à entrega prevista do primeiro lote da vacina, começaremos a vacinar primeiro nossos funcionários da fronteira e as pessoas com quem vivem. Pessoas como faxineiros, enfermeiras que fazem exames de saúde no MIQ, pessoal de segurança, funcionários da alfândega e da fronteira , funcionários de companhias aéreas e hoteleiros estarão entre os primeiros a receber a vacina “, disse Ardern.

Todavia, a primeira-ministra espera que a aceitação à aplicação da vacina seja alta, já que não há a obrigatoriedade.

Quando começa a vacinação?

Diretor-geral de Saúde da Nova Zelândia, Dr. Ashley Bloomfield disse que as primeiras doses da vacina contra a Covid-19 deverão chegar no final de março, mas que as autoridades estão preparadas caso elas cheguem mais cedo. 

São 450.000 doses planejadas para o primeiro trimestre e a Pfizer já disse estar se preparando para as entregas.

Jacinda Ardern explicou que a demora nos trâmites se deve ao fato de que a Nova Zelândia não está tendo casos de morte pela doença causada pelo novo coronavírus. 

A princípio as primeiras campanhas de vacinação devem ocorrer ainda em março e, a partir de julho, deverão ficar mais amplas, pois a prioridade segundo as autoridades de saúde é vacinar pessoas em maior risco. 

A aprovação segundo a Medsafe

O gerente do grupo Medsafe, Chris James, explicou que a empresa reguladora precisava ter certeza da eficácia antes da aprovação da vacina.

“Precisávamos ter certeza de que a vacina é segura e eficaz no cenário da Nova Zelândia”, disse James. 

Ele ainda disse que o trabalho da empresa “não para por aí”, pois ainda farão relatórios sobre os efeitos colaterais da vacina após a aplicação da mesma nos kiwis. 

Processo de aceitação e vacinação

A vacinação contra a Covid-19 na Nova Zelândia acontecerá em duas etapas, pois são necessárias duas doses para que a imunização esteja completa.

 

Após a primeira dose, a segunda deve ser tomada em 21 dias.

O Dr. Ashley Bloomfield disse que, com o tempo, o número de pessoas que se opõem às vacinas diminuiu à medida que a confiança aumentou.

“Temos uma campanha de comunicação muito significativa em andamento.”

Veja mais: 

Covid-19 na Nova Zelândia: Confira as últimas notícias

Compartilhe este post com seus amigos

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Veja mais postagens que você pode gostar

Se inscreva na nossa newsletter

Não perca nenhuma novidade. Receba tudo no seu email.
Fique tranquilo, não mandamos spams.