Dicas úteis

A minha experiência como Consultor de Imigração permitiu-me acumular um grande repertório de informações úteis para quem deseja solicitar vistos e realizar processos imigratórios para a Nova Zelândia. Qual a nota mínima no IELTS devo ter para o meu processo de residência? Precisa ser casado para submeter uma solicitação de visto baseada em um relacionamento? Essas e muitas outras dúvidas são comuns para a grande maioria das pessoas. Para facilitar a sua vida, fiz uma listinha com várias dessas respostas. Se você deseja conhecer algumas das muitas dicas, clique aqui.

MODIFICAÇÕES NAS LEIS DA IMIGRAÇÃO

Modificações para a Residência na Categoria Skilled Migrant – SMC, que serão implementados a partir de 28 de agosto de 2017. As principais são:

Dois limiares de remuneração estão sendo introduzidos, um de NZ$48,859 (renda média da Nova Zelândia) por ano para trabalhos que são atualmente considerados qualificados.

O outro limite será fixado em 1,5 vezes da renda média da Nova Zelândia NZ$73,299 por ano para trabalhos que atualmente não são considerados qualificados porém são bem pagos.

Com relação à pontuação exigida, continua a mesma por enquanto os 160 pontos, porém mais pontos serão dados para experiência de trabalho qualificados e algumas qualificações reconhecidas de pós-graduação, e a pontuação irá aumentar para candidatos com idade entre 30 e 39.

Não haverá mais pontos extras que eram dados para quem tinham qualificação e experiência de trabalho em áreas de absolute skill shortage, nem para emprego, experiência de trabalho e qualificação em áreas de Identified Future Growth Areas e por último não haverá mais os 10 pontos extras para quem tem família imediata (residência ou cidadão) na Nova Zelândia.

Você pode ver todas as alterações clique no link oficial da imigração aqui.

 

Modificações para solicitação de visto de trabalho – Work Visa Essential Skills, serão implementados a partir de 28 de agosto de 2017.

Pessoas consideradas ´mid-skilled´terão que receber no minimo NZ$41,538 por ano.

Aqueles que ganhar menos que NZ$41,538 por ano, serão considerados ´low-skilled´ e não terão o direito à visto para parceiro e filhos dependentes e terão que sair da Nova Zelândia após 3 anos, ficando fora do país por pelo menos 12 meses antes de solicitar um novo visto. A exceção é caso a pessoa venha a ganhar acima do valor mínimo exigido de NZ$41,538 e então poderão solicitar novo visto.

Veja todas as mudanças aqui.